As Atividades físicas podem melhorar problemas de saúde!

As Atividades físicas podem melhorar problemas de saúde!

Tempo de Leitura: 5 minutos

As atividades físicas podem melhorar problemas de saúde

Problemas de saúde são condições que afetam nosso bem-estar e a qualidade de vida. Diante disso, é importante conhecer as causas de tais problemas, pois algumas medidas são importantes para melhorá-lo e até mesmo preveni-lo.

O crescimento da tecnologia, videogames e serviços de Streaming, tendem a estar cada vez mais conectados com o mundo virtual e menos com o mundo real, o que leva ao sedentarismo. O sedentarismo na sociedade tem agravado a condição de vida dos indivíduos. Em 2018, a  OMS divulgou um estudo em que 1 em cada 4 adultos é sedentário, e entre adolescentes, 4 quatro em cada 5.

Hoje em dia já é mais que sabido que a prática de atividade física é um aliado importante para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Fazer exercício não melhora apenas nossa forma física, mas também a saúde.

Trouxemos para você uma lista de doenças que podem ser amenizadas ou solucionadas pela prática de exercícios físicos. Confira!

Diabete

O que define essa doença tanto a diabetes tipo 1, quanto a diabetes tipo 2- é o excesso de glicose na circulação do sangue.

A diabetes está diretamente ligada a alimentação e também a falta de exercício. Mexer o corpo não só ajuda a usar as sobras de açúcar no sangue como também favorece a ação da insulina, transformando a glicose em energia.

As práticas aeróbicas são as mais eficazes. Sincronize a dose e o horário dos remédios com os treinos.

Câncer

Um artigo de 2015 revelou que indivíduos que se exercitaram em intensidade moderada — cerca de três horas por semana — depois do diagnóstico de um tumor exibiram uma probabilidade 35% menor de morrer dessa causa. Comprovando que as atividades físicas podem melhorar problemas de saúde.

É muito importante nunca se exercitarem sem autorização!

Fonte: Google

 

Doenças respiratórias

Hoje em dia, o sedentarismo é reconhecidamente um dos fatores que
mais abreviam a longevidade de seus portadores.

A DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica) é uma espécie de inflamação crônica dos pulmões vinda do tabagismo ou da inalação contínua de poluentes que culmina em tosse e muita falta de ar.

Superar a dificuldade inicial de realizar um esforço ameniza os estragos da DPOC, pois as atividades físicas conferem fôlego, independência e qualidade de vida.

Na asma, os benefícios também são enormes, em especial para escapar de seus sintomas desgastantes. Não se esqueça de levar a bombinha para o treino, ela pode te salvar no meio de uma crise no treino!

Fonte: Google

Cirrose

Apesar de ser popularmente conhecida por ser causada pelo consumo do álcool, também existe a cirrose crônica B e C e a esteato-hepatite não-alcoólica.

Essa doença compromete o funcionamento do fígado, resultando em acúmulo de gordura ligado a obesidade, entre ouros.

O ideal é combinar práticas aeróbicas com a musculação e sempre ficar de olho na balança.

Doença renal

A doença renal crônica é uma lesão dos rins que evolui com perda lenta, progressiva e irreversível de suas múltiplas funções. Porém, a progressão da doença pode ser reduzida se houver mudanças de hábitos alimentares e físicos.

A musculação é muito indicada, portanto, reserve tempo para o levantamento de peso.

Osteoporose

A osteoporose representa a diminuição acentuada da densidade óssea, e normalmente é associada com a idade, acometendo idosos e principalmente mulheres.

Nos jovens, atividades físicas geram um estímulo que incita o depósito de cálcio na ossatura e reduz o ritmo de células que a degradam. Os adultos também aplacam o processo de perda óssea ao vencerem o sedentarismo. Mais do que isso, aprimoram o equilíbrio, prevenindo quedas.

A prevenção contra a osteoporose deve ser um projeto de longo prazo, com atividade física para proteção do tecido ósseo.

Epilepsia

Epilépticos costumam ser orientados a não se exercitar, em geral por medo ou superproteção. Mas evidências sugerem que o hábito favorece o controle das crises e incrementa aspectos psicossociais.

O recomendado é consultar com um neurologista para ver quais as modalidades mais indicadas.

Artrite reumatoide

Esse mal acomete as juntas. O exercício reduz a dor, preserva a capacidade funcional e inclusive protege contra panes cardíacas, mais frequentes nessa população.

Está esperando o que para se exercitar?

Hipertensão

A pressão alta é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Ficar sentado o dia inteiro contribui para a subida crônica da pressão, que pode lesar diversos órgãos, como coração, rins e cérebro, portanto saia do sedentarismo.

O exercício físico é uma tática essencial tanto para a prevenção quanto para o tratamento dessa enfermidade, mas não se esqueça, os exercícios devem ser moderados.

Colesterol alto

Na maioria das vezes essa doença está relacionada a má alimentação e ao sedentarismo.

Atividades se tornam grandes aliados para controlar o colesterol, pois espantam a inatividade do corpo, ativando a circulação sanguínea, aumentando o HDL e evitando que o LDL, gorduras e triglicérides acumulem nas artérias.

Obesidade

As duas maiores causas da obesidade são a inatividade e os maus hábitos alimentares.

Portanto, um programa de exercícios físicos bem orientados por um profissional de educação física e uma dieta preparada por um nutricionista, os objetivos de se combater à obesidade serão alcançados.

A prática de exercícios físicos é um aliado importante para tratar essa doença e te proporcionar uma vida com mais qualidade.

atividades físicas podem melhorar problemas de saúde

Saia do sedentarismo!

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda 150 minutos semanais de atividade física leve ou moderada (cerca de 20 minutos por dia) ou, pelo menos, 75 minutos de atividade física de maior intensidade por semana (cerca de 10 minutos por dia).

É fundamental planejar a rotina para praticar atividade física e alcançar uma melhor qualidade de vida.

Agora que você já sabe que as atividades físicas podem melhorar problemas de saúde:

Nós da cia do corpo queremos te ajudar. Você sofre de alguma dessas doenças os conhece alguém que sofra? Chame-o e venha treinar com a gente! Temos diversas modalidades, tenho certeza que vão se identificar com alguma!

Temos profissionais para montar seu treino de acordo com sua necessidade e disponibilidade, então a falta de tempo não é mais desculpa! Clique aqui e entre em contato conosco.

Conhece mais alguma doença em que a atividade física ajude? Conte pra gente.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale Conosco Pelo WhatsApp