menu close menu

Como se alimentar antes e depois do treino

Uma alimentação feita de forma estratégica é tão importante quanto treinar com a frequência e a intensidade necessárias para que se alcance mudanças desejadas no corpo. Bem alimentado, o organismo responde melhor aos estímulos da atividade física para enxugar as gordurinhas e ganhar músculos.

O consumo de nutrientes pré e pós-treino deve priorizar a ingestão de carboidratos e proteínas, que auxiliam no aumento da massa muscular.

ANTES DO TREINO

A alimentação antes do treino tem que ser planejada de modo que ajude a mandar embora as calorias e ao mesmo tempo armazene energias para realizar os exercícios. Para todos os tipos de treinos, seja aeróbico ou musculação, a sugestão é investir em alimentos que são fontes de carboidratos.

Você deve optar por carboidratos complexos que demoram a ser ingeridos e assim evitam a queda de níveis glicêmicos. Aposte nos pães integrais, batata doce, salada de frutas, iogurte ou açaí, acompanhados de grãos (linhaça dourada, granola, aveia ou quinoa real). Passe longe dos carboidratos simples como o pão branco, bolachas recheadas e açúcar, pois são digeridos rapidamente. O ideal é se alimentar de 20 a 30 minutos antes do treino.

DEPOIS DO TREINO

Logo após o treino nos encontramos em uma situação de déficit energético, precisamos repor a energia para que o metabolismo continue ativo e possa regenerar a musculatura. Por isso, depois do exercício é necessário consumir proteína, nutriente fundamental na construção dos músculos. Coma alimentos, como frango grelhado, peixe, muçarela de búfala, peito de peru e barra de proteína.

É importante lembrar que a alimentação estratégica é sempre muito específica e deve respeitar a individualidade metabólica, a rotina, a intensidade e o tipo de treino. O acompanhamento com um profissional é essencial!

 

18 de março de 2014 | Dicas, Novidades | Comentários